terça-feira, 9 de agosto de 2016

Mangá: Houkago x Ponytail

Manga-ká: Teko Tanaka

Boa noite pessoas!!

Está semana tem sido um pouco tulmutuada e por isso foi dificil conseguir tempo pra passar aqui...

Escrevi diversas resenhas mas ainda preciso dar uma olhadinha pois tudo que ando escrevendo é na condução (única hora que tenho tempo)...

Bom quanto ao mangá de hoje trata-se de mais um shoujo e mais um mangá de apenas um volume... Espero que gostem.

Resenha




Diferente de suas colegas de classe Natsuki Sugawara não tem interesse em moda, maquiagem ou em garotos. Seu único interesse e paixão são pelos mangá e para ela a felicidade é comprar um novo mangá (euu rs). 

Um dia ela acaba chorando após ler o final de um mangá e é abordada por um estranho rapaz que a oferece um lenço, assustada com a aparência do mesmo ela acaba fugindo mas logo é alcançada e após um mal entendido ela o nocauteia com um de seus golpes de karateka faixa preta.

O que Natsuki não sabia é que o desleixado rapaz se chama Taichi Kiritani e é na verdade um de seus manga-kás favoritos e que ele na verdade queria apenas uma foto dela para usar de referencia em mais um de seus trabalhos. E assim Natsuki passa ajudar Taichi meio que obrigada e por está se sentindo culpada por machuca-lo.

Aos poucos ela o conhecerá direito e os seus sentimentos pelo excêntrico manga-ká começaram mudar, mas qual seriam os sentimentos de Taichi?

Informações Mangá

Publicado em 2012 na Betsuma Two (Shueisha), possui apenas 1 volume com 6 capítulos.

Comentário


Se você procura um destes mangás curtos, fofos, cômicos e de traço bonito "Houkago x Ponytail" é tudo isso. 

Houkago x Ponytail é cheio de clichês como por exemplo: A mulher mais bonita, madura que derrepente aparece e trata o Taichi com muita intimidade ou ele a Natsuki mesmo sendo faixa preta ser defendida e salva por Taichi...

Mesmo assim achei valido lê-lo pois como eu disse ele é muito divertido e nos garante boas rizadas. É a primeira vez que leio algo da manga-ká Teko Tanaka e gostaria de conhecer mais obras dela...

Bom espero que tenham gostado da rápida dica e até breve.

Dica

Baixe o mangá completo no scanlator Kokoro Nin Nin.

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Mangá: Kono Sekai no Owari e no Tabi

Manga-ká: Kyoudai Nishioka

Boa noite pessoas!!

E mais uma vez estou dando aquela passadinha bem rápida pra mais uma dica de leitura, mais um mangá, porém desta vez trata-se de mais um mangá digamos que muito diferente, uma daquelas obras que pode causar certa estranheza em alguns leitores (amo)...

Todos que acompanham o blog a algum tempo devem ter notado que de vez em quando apareço com uma obra "diferentona" das que posto sempre (maioria dos mangás que posto são dos gêneros shoujo e josei)... 

Bom eu espero que vocês gostem e se conhecerem algum outro mangá nesse estilo, fiquem a vontade pra me indicar, pois eu curto muito rs...

Resenha



Um homem solitário que está cansado de sua vida repetitiva, que mora em uma grande metrópole e tem um emprego que ele odeia. Tudo em sua vida parece não ter sentido, ser deprimente, insignificante até o dia em que ele decide fazer um caminho diferente até o seu trabalho e acaba quase que sem querer começando uma estranha jornada.

Ele acaba viajando por diversos países, conhecendo pessoas diferentes mas tão indiferentes a tudo, acaba vivenciando coisas estranhas, assustadoras, terríveis e perturbadoras... Quais seriam as lições que ele aprenderá? O que ele encontrará quando voltar pra sua cidade?

Informações Mangá

Publicado em 2003 na AX (Seirinkogeisha), possui apenas 1 volume com 12 capítulos.

Comentário

Assim como em "Kami no Kodomo" (outra obra que relatei aqui), os irmãos Kyoudai nos levam a explorar através de seu traço quase que de arte surrealista (é um traço bem diferente até pra quem costuma ler mangás de horror), uma história repleta de questionamentos filosóficos e questões psicológicas. 

Sinceramente confesso que até pra mim que gosto de mangás, digamos que "estranhos", tanto no quesito arte, quanto história me peguei confuso e outras horas até perdido. Tive que fazer aquela leitura "pausada", na qual parei um pouco e pensei a respeito do que li, tive que digerir e me questionar diversas vezes para poder chegar a uma "conclusão".

Bom "Kono Sekai no Owari e no Tabi" na minha opinião é um daqueles mangás que vale muito apena ler, mesmo que ele não seja uma leitura "fácil" (nada que nos tira da nossa zona de conforto é fácil rs)... 

O recomendo para aqueles que não buscam um mangá de traço "bonitinho" e com histórias "simples"... Sinceramente estou apaixonado pelo estilo desses irmãos manga-kás.


Dica

Kono Sekai no Owari e no Tabi pode ser baixado no scan Mushi.

Confira resenhas de outras obras dos manga-kás Kyoudai Nishioka AQUI.


sábado, 30 de julho de 2016

Mangá: Game Over

Manga-ká: Fuuka Mizutani


Boa tarde pessoas!!

E hoje trago mais uma dica de leitura (amo quando consigo atualizar o blog 2 dias seguidos ^^), tratasse de mais um mangá de apenas 1 volume e mais um josei (amo josei)... 

Espero que gostem...

Resenha




Akemi é uma linda mulher de negócios que está cansada da sua velha rotina, para passar o tempo e movimentar um pouco o seu dia a dia, ela cria uma espécie de jogo. O tal jogo funciona da seguinte maneira, todos os dias as 07:14 ela pega o ônibus, visualiza todos os passageiros homens e escolhe um de seu interesse, senta-se ao lado dele e se ele olhar pra ela duas vezes ela ganha. 

Logo Akemi acaba sem ninguém novo para aplicar seu joguinho já que os passageiros deste ônibus são os mesmos de sempre, é quando entra um garoto aparentemente de 15 anos que ela resolve aplicar nele o seu joguinho de sedução. E para surpresa de Akemi que não é nada modesta e sabe dos seus atributos de beleza, o jovem nem se que a nota.

A parti dai Akemi passa a se sentir desafiada e fará de tudo pra que o jovem garoto a note... 


Yukai no Susume



Haruna vive sendo "sequestrada" pelo seu colega de classe Takase e tudo isso para que o irmão dela aceite um duelo de kendo. Tudo que Takase quer é vence-lo e assim provar que é capaz de proteger Haruna.

Kedama no Cake



Fujitake Tama de 19 anos é dono de uma bonita confeitaria, tudo poderia ser perfeito se não fosse um único problema, ele não é bom em atender os clientes e quando vê um literalmente, ele sai correndo e se esconder. Um dia pra piorar tudo Katagiri Saeno, uma garota nem um pouco feminina e muito assustadora vem a sua confeitaria pedindo para trabalhar ali. Tama recusaria se não se sentisse intimidado pelo jeito rude  e "assustador"  de Saeno.

O que ele não esperava é que aos poucos ele descobriria o lado bom de ter a positiva Saede ao seu lado na confeitaria...


Kinou Kenka wo Shimashita



Uma pequena história shoujo-ai onde duas garotas combinam de ir com os cachecóis iguais para escola mas por cauda um pequeno acidente, o plano das duas garotas acaba não dando certo.

Informações mangá

Publicado em 2010 na Rakuen Le Paradis (Hakusensha), possui apenas 1 volume com oito capítulos sendo que 3 são one-shots com outras histórias.

Comentário

Depois de ler "My Duckling" (uma one-shot da mesma manga-ká de Game Over que relatei aqui) fiquei muito curioso pra conhecer outras obras da manga-ká Fuuka Mizutani e acabei sem querer chegando até este mangá. E o que dizer se não que a história é fofinha, muito rápida e que não da nem tempo de se apegar aos personagens. 

Quanto a minha opinião, sinceramente a única coisa que me incomodou um pouco na história foi o fato do garoto por quem Akemi se apaixonar ter apenas 15 anos (isso no inicio da história) não gosto de romance entre personagens muito novas (menor de idade) com outros já maduro. 

Quanto as três one-shots que também compõe o volume, eu gostei e me diverti com todas mas destaco a "Kedama no Cake", que me fez morrer de rir.

Finalizando recomendo mais este mangá e espero poder colocar meus olhos em mais alguma obra desda manga-ká (amei o traço dela)...

Beijos e até a próxima...

Dica

Game Over pode ser baixado no scanlator Yadon.

Confira resenhas de outros mangás da manga-ká Fuuka Mizutani AQUI.


sexta-feira, 29 de julho de 2016

Mangá: Pure Mari

Manga-ká: Miwa Ueda

Boa noite!!


Hoje trago pra vocês mais um mangá shoujo e mais uma obra de uma das minhas manga-kás mais queridas Miwa Ueda (manga-ká do sucesso Peach Girl que foi cancelado no Brasil pela editora Panini)...

Bom eu espero realmente que gostem e fiquei feliz por trazer a dica de um mangá que não tratasse de um único volume (consegui um tempinho rs)...

Resenha




Pure Mari tem o total de 3 volumes sendo que o primeiro e até o capitulo 8 do segundo volume conta a história do casal Anju e Yuuma, já do capítulo nove até o 15 o casal protagonista é o Willian e a Yukino.


O colégio Hanayui tem uma diferente tradição na qual os alunos podem passar por diversas experiencias e entre elas está o tradicional Pure Mari, que é uma simulação de casamento. E é em meio a um pure mari que conhecemos Anju Momofuku uma garota alegre e empolgada que arrasta para o altar seu nervoso namorado Ryousuke. Tudo poderia se sair perfeitamente bem pois tudo não passa de uma simulação, se não fosse pelo fato de Anju levar a coisa toda a sério demais, Ryousuke acabar fugindo e Anju acabar levando um fora da pior maneira possível.


Por sorte Anju é consolada por Yuuma um carismático garoto que está sempre com ela, sempre a protegendo de tudo e todos (vamos dizer que é o "melhor amigo"). Yuuma sabe o porque de Anju querer a todo custo se casar e a ama em segredo. Em meio ao desespero de Anju, Yuuma acaba a pedindo em casamento e assim uma nova saga iniciasse na vida destes dois.

Anju nunca desconfiou dos sentimentos de Yuuna e descobrir isso assim repentinamente mexerá com seu sentimentos e a deixará muito confusa. As coisas ficarão ainda mais complicadas com a aparição de uma decidida "rival", que pretende conquistar Yuuma a qualquer custo.


William e Yukino



Depois de acompanhar a história de Anju e Yuuna, é a vez de Yukino a colega de classe e companheira de quarto de Anju assumir o papel de protagonista. 

Yukino é uma garota, vamos dizer que pouco feminina, ela fala tudo que vem a sua cabeça e as vezes é até meio rude. O que ninguém sabe é o motivo dela ser assim, mas existe uma pessoa que poderá tira-lá deste casulo, o alegre William. 

Yukino e William acabam se aproximando quando são escolhidos para serem o noivo e noiva em um Pure Mari para a propaganda do colégio Hanayui. Tal aproximação logo desperta em William uma grande admiração por Yukino, ele a enxerga como uma garota fofa e percebe o que ninguém mais havia percebido. Mas o que acontecerá quando o ex-namorado responsável por acabar com a confiança de Yukino, fazendo-a se sentir menos feminina, reaparecer? E pra piorar um segredo do William virá atona, tornando assim as coisas mais complicadas ainda para o casal.

Personagens



Anju Momofuku 

Uma doce garota que quer mais que tudo se casar, isso porque ela acredita que se casando poderá recomeçar sua vida. Ela foi criada somente pelo pai que é um ator porno e por isso chegou a sofrer bullying em sua escola.





Yuuma Sakamoto

Um carismático e gentil garoto, ele esteve apaixonado pela Anju em segredo. Yuuma é o neto da diretora do colégio Hanayui.






William Aoyama

Alegre e muito divertido é o melhor amigo do Yuuma, ele faz muito sucesso com as garotas chegando a ser chamado de "príncipe" por todas elas. É um fã de animê mahou shoujo e sonha em se casar com uma linda mulher e ter uma família feliz.




Yukino Miyashita

É aquele tipo de garota pouco feminina e que fala e agi como quer. Ela é a companheira de quarto de Anju e é ela quem a ajuda em muitos momentos em seu inicio de relacionamento com Yuuma. Yukino esconde em seu passado uma dolorosa história de relacionamento abusivo.





Tsukiko Sakamoto  

Avó Yuuma e diretora do colégio Hanayui. Ela é uma senhora sempre pra cima que adora coisas extravagantes e tem uma enorme coleção de vestidos de noiva.






Rakugan Kotobuki 

Este é o pai de Anju, um conhecido ator porno e que atualmente da aula no colégio Hanayui. Ele é um bom pai e tem muito ciumes de Anju... Personagem que responsável por muitas das cenas engraçadas na história de Anju e Yuuma...







Seri Nakagawa 

Uma garota bonita, mimada e muito rica (combinação que nunca dão certo), ela quer por que quer Yuuma, como par em seu chique Pure Mari e pra isso fará o que for preciso pra retirar Anju de seu caminho. 





Informações mangá

Pure Mari foi publicado em 2010 na revista Bessatsu Friend (Kodansha), possui o total de 3 volumes (15 capítulos).

Comentário

Sinceramente eu nunca me arrependo de ler um mangá da Miwa Ueda e foi assim com mais está obra dela. De todos os mangás dela que li até o momento este estaria em ultimo lugar em uma lista de favoritos, mesmo assim não posso dizer que o odiei.

A história de Pure Mari é muito simples e em alguns momentos podemos dizer que chega a ser nonsense  ("sem sentido", "contrassenso" ou "absurdo" em inglês) é uma expressão inglesa que denota algo disparatado, sem nexo), é uma ótima história pra ler, rir e passar o tempo. Miwa Ueda em Pure Mari da uma pincelada em questões sérias como bullying, violência psicológicas de relacionamentos abusivos mas tudo bem de leve... 

Outra coisa que achei legal foi o mangá foi a história de Anju acabar e a de Yukino (que é uma personagem que eu amei desde o começo), começar. É engraçado você ver a até então protagonista assumir o papel de personagem segundaria (amei isso)...

Pra finalizar tenho que dizer que você não se arrependerá de ler mais está obra da incrível Miwa Ueda.

Beijos e até a próxima resenha.

Dica

Pure Mari pode ser baixado no scanlator Yadon.
Confira resenha de outros mangás da manga-ká Miwa Ueda AQUI.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Mangá: Tsuki no Waltz

Manga-ká: Kako Mitsuki

Boa noite pessoas!!

E assim eis que estou aqui para mais uma passadinha e mais uma resenha de um mangá shoujo. Desta vez trago mais uma obra da tão relatada aqui Kako Mitsuki e posso disser aos mais sensíveis que preparem os lencinhos pra ler a primeira one-shot.

Quanto as atualizações aqui, peço desculpas por que meu tempo está tão corrido que só estou conseguindo ler obras curtas e mesmo assim ta sendo muito difícil arranjar este tempo.

Bom eu espero que vocês gostem.
Resenha



Itsuka no Tsuki de Aimashou



Riho Maeda recebe um telefonema de que seu pai sofreu um acidente e esta no hospital, como ela foi criada por seu pai ela teme o pior, teme ter de ficar sozinha e receia ir até sua sala no hospital para ve-lo, porem um rapaz a toma pela mão e a leva até o local onde seu pai esta. Mas tarde já aliviada por saber que seu pai passa bem ela se apresenta para o rapaz que diz ser Nozomu Miura, que assim como ela também esta no 2° ano do secundário, mas que estuda em casa pois como ele mesmo diz ele é alguém de 17 anos, que ninguém esperava viver até os 15 anos, pois ele sofre de uma doença grave e atualmente esta internado.

E assim Riho passa a visita-lo sempre e se surpreende com a maneira com que ele lida com sua situação, sempre sorrindo e mesmo que seu sorriso carregue algo estranho, Riho adora vê-lo sorrindo pois assim Nozomu passa alegria para todos no hospital. E mesmo sabendo que o pior um dia ira acontecer ela não teve como impedir pois em seu coração, talvez desde a primeira vez que ela viu Nozomu sorrir, nasceu um sentimento forte e eterno o primeiro amor...

Tsuki no Waltz



Em 1937 na era Showa, Nariko Asakura é apaixonada por seu criado Keiichirou Sawa mas qualquer hipótese desse amor ser concretizado é mera ilusão. Nariko tem a missão de se casar com um poderoso e muito rico homem, o qual salvará sua família da falência. 

Once a Blue Moon



Mai Fugisawa acaba por conhecer Akito em uma viajem com a família e mesmo o local onde ela se hospeda sendo tão grande eles acabam sempre por se esbarrar. Toda essa coincidencia acaba parecendo algo do destino e Mai está cada vez mais apaixonada por Akito, porém logo as férias acabarão e eles terão que se separar. 

Petit Lesson



História especial/continuação do mangá "Zembu Hajimete!" (também já resenhado aqui ), na qual reencontramos as personagens Chitose Ookawan e Tami que mantém seu relacionamento proibido a 3 meses.

Informações Mangá

Mangá publicado em 2008 pela Shogakukan, possui apenas um volume com o total de 4 capítulos.


Comentário

Raramente me arrependo de ler algum mangá da Kako Mitsuki (acho que só não gostei mesmo do Zembu Hagimete!) e com esse não poderia ser diferente. A primeira one-shot "Itsuka no Tsuki de Aimashou", é simplesmente maravilhosa, tanto que eu já a li umas duas ou três vezes e já até relatei ela em um outro blog. 

A one-shot "Tsuki no Waltzque até então era inédita pra mim também tem uma história linda destas que mesmo não acabando do jeito que queremos, acaba mesmo assim sendo perfeita. Já a terceira one-shot "Once a Blue Moon", é vamos dizer que mais fraquinha mas mesmo assim muito kawai (ideal pra quem gosta de romance água com açúcar). Quanto a última "Petit Lesson", eu a li simplesmente pra desencargo de consciência (pessoa que não consegue começar uma leitura e não terminar), mas ela serviu pra reforçar tudo o que não gostei de ler no mangá "Zembu Hagimete!".

Finalizando vale apena conferir mais este mangá da Kako Mitsuki que é uma excelente manga-ká e que possui um lindo traço...

Espero que tenham gostado e até a próxima resenha, beijos.

Dica

Você pode baixar o mangá no scanlator Fascínio Asiático.
Confira a resenha de outras obras da manga-ká Kako Mitsuki AQUI..

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Filme: Cupcakes - Música e Fantasia

Boa noite!!

Hoje resolvi dar uma passadinha aqui pra recomendar um filme que pra mim foi um dos melhores que assisti recentemente (ando assistindo pouca coisa)... Bom pra começar tenho que dizer que não se trata de uma produção Hollywoodiana e sim de um filme israelita (minha nova paixão)...

Bom infelizmente eu assisti pela tv acabo, não achei ainda pra download ou pra assistir online e não tem no netflix (ainda)...

Espero que gostem e até logo.

Resenha



No subúrbio de Tel Aviv seis amigos se reúnem para assistir uma televisiva competição
mundial de música chamada "Universong", depois de se decepcionarem com a performance dos candidatos de Israel, eles percebem que Anat está muito triste pois está passando por uma crise em seu casamento e espontaneamente ao som do violão de Efrat eles começam  a compor uma música para anima-la.

Alguns dias depois Ofer meio que por brincadeira os inscrevem no programa Universong e para a surpresa de todos eles são selecionados para representar Israel na competição, o que inicialmente foi um problema para todos menos para Ofer que enxerga tudo de maneira positiva.

E assim começamos a acompanhar cada personagem e sua trajetória até a decisão de participar da competição, vemos e conhecemos um pouco mais da rotina, cotidiano, medo e insegurança de cada um deles. 


Temos Anat uma mulher de meia idade, casada, mãe de dois filhos e administradora de uma pequena confeitaria. Ofer um rapaz homossexual que é professor de crianças pequenas e tem um relacionamento "proibido", com um famoso garoto propaganda de uma importante empresa. Dana é a braço-direito da Primeira Ministra sempre deu ouvido aos outros (principalmente a seu pai), sobre o que faculdade fazer ou qual caminho seguir. Efrat é uma mulher lésbica, rockeira tentando firmar carreira. E pra finalizar temos Keren, uma tímida blogueira (que é quem muitas vezes "narra" cenas com seus pensamentos escritos em seu blog), e Yael uma ex-miss Israel que atualmente tenta se firmar no mundo dos negócios. Cada personagem é muito diferente um do outro, seja em estilo, personalidade, vida ou escolhas e isso torna o grupo de amigos muito admirável.



Cupcakes - Música e Fantasia é uma daquelas doces comédias com uma leve pitada de drama, um filme simples mas que não deixa de apresentar questões humanas tão profundas e presentes no nosso dia a dia. É uma bela mensagem de que devemos lutar por aquilo que acreditamos, queremos e que devemos ser quem somos...

Algumas informações do filme

Produzido em 2013, Israel. Foi dirigido por Eytan Fox (que tem em seu currículo os filmes Yossi, Bubble e Mary Lou).

Confira o Trailer 



terça-feira, 19 de julho de 2016

Mangá: Cosmic Color

Manga-ká: Shimako Yomoto

Boa tarde!!

Já me conformei que o blog será pra relatar mangás e em sua maioria obras curtas... Não ando tendo tempo pra leitura demoradas. Uma outra coisa que faz com que eu não traga resenha de mangás ou obras de muitos volumes é porque gosto de relatar coisas que eu já tenha lido inteiras (Sim... sou meio sistemático)...

Mas como este blog é feito apenas pra compartilhar o que leio e o que amo, não me preocupo muito se está ou não tendo "Audiência"... 

Também gostaria de reforçar que os cometários a respeito de algo que eu li, tratam-se da minha opinião PESSOAL, meu gosto e de maneira nenhuma quero ofender alguém (fã) ou artista. Eu sinceramente nunca entendi esse negócio de ser fã fanático de algo ou alguém, uma coisa é você gostar, outra é não respeitar a opinião de quem não gostou  ou não concorda com você...

Estou falando isso porque recentemente recebi via inbox uma série de ofensas por não gostar de determinado mangá... A principio morri de rir mas depois fiquei pensando o quanto uma pessoa pode ser tão ridícula, baixa, escrota, tosca ou sei lá mais o que... E após uma reflexão percebi que não perdi nada em me isolar dos poucos "amigos" otakus que tinha, pois em sua maioria eram assim, cheios de querer ser e saber mais que os outros... 

Ps: Peço desculpas se você não é uma destas pessoas que não sabem debater sem ofender e não precisava esta lendo isso, porém eu precisava desabafar...

Bom vamos a pequena resenha/sinopse de mais este mangá shoujo...

Resenha



Momoko é uma garota que adora aprender sobre curiosidades e trivialidades um dia ela acaba tendo que trocar seu exercicio pelo de seu colega de classe Haishima, que senta ao seu lado e assim ela acaba por se aproximar dele. Haishima é aquele típico garoto solitário, ele vive chegando atrasado na escola pois tem problemas para dormir e por isso vive dormindo nas aulas.

Com a aproximação Momoko começa a perceber que Haishima é um garoto bom e começa a ajuda-lo dando dicas para que ele durma melhor. E assim do nada outros sentimentos nunca vivenciados por Momoko começam a desabrochar. 

Informações Mangá

Publicado em 2013 na revista Bessatsu Margaret (Shueisha), possui apenas 4 capítulos.

Comentário

Todos sabem que gosto de mangás curtos, amo shoujos e que acredito que uma boa história pode ser contada em poucas páginas. Bom vou direto ao ponto: Cosmic Color na minha opinião não tem uma boa história, clichê demais, as personagens são pouco desenvolvidos que chegamos a pensar que lhes falta carisma e o final é super previsível e sem graça.

Pra mim o que salvou o mangá é a arte que é muito bonita e só terminei de ler por se tratar de uma obra curta (não demorei nem 15 minutos)... Finalizando deixo claro que está é minha opinião e que isso não significa que outra pessoa possa ler e gostar, por isso sempre aconselho a leitura para que você possa tirar suas próprias conclusões...

Um abraço a todos, beijos...